C.A.A.S.P.D

O Centro de Atendimento e Acompanhamento social para Pessoas com Deficiência é uma resposta social que tem por objetivos:

a) Informar, orientar e encaminhar para os serviços e equipamentos sociais adequados a cada situação;

b) Promover programas inclusivos com vista ao desenvolvimento de competências pessoais e sociais;

c) Assegurar o acompanhamento social com vista à autonomia e capacidade de representação;

d) Capacitar e apoiar as famílias, bem como os cuidadores informais.

Abrange os concelhos de Arraiolos, Montemor-o-Novo, Mora, Vendas Novas e Viana do Alentejo.

Atendimento

Atendimento

Conforme a Portaria 60/2015, o atendimento é uma resposta personalizada que responde de forma célere e eficaz às situações apresentadas.

Presta os seguintes serviços:
Orientação e encaminhamento
Praticar a escuta ativa;

Conhecer o “terreno” e as suas respostas;
Articular com os outros serviços na comunidade;
Estabelecer novos contactos;
Seguir o resultado do encaminhamento junto dos próprios e dos “recetores”.

Informação
Recolher diariamente e organização por temas;  
Divulgar os assuntos de interesse geral e encaminhamento personalizado aos pedidos.


Apoio jurídico
Contacto com jurista e encaminhamento, segundo as necessidades.
O atendimento faz- se em local acessível e privado. Cada pedido é objeto do preenchimento de uma ficha de atendimento.

 

O nosso atendimento em Montemor-o-Novo é efetuado nas instalações da União das Juntas de Freguesias de Nª Senhora da Vila, do Bispo e Silveiras no Largo Banha de Andrade com o seguinte horário: 2ª e 6ª das 14 às 17h30 e 3ª e 5ª das 9 às 12h30; quinzenalmente das 18h às 20h nas datas a consultar no blogue: casajoaocidade.blogspot.pt

Em Arraiolos, é efetuado na segunda quarta-feira de cada mês, das 10 às 13h nas instalações da Junta de Freguesia do Vimieiro e das 15 às 18h na Biblioteca Municipal de Arraiolos.

Acompanhamento

Domínios

O acompanhamento pode incidir sobre:

  1. A Vida Profissional : Formação profissional, orientação, procura de emprego, promoção dentro do emprego, manutenção do emprego.
  2. A Vida em Casa : Apoio em todos os aspetos ligados a esta área da vida: alojamento, compras, cozinha, vestuário, higiene, saúde, sexualidade, etc
  3. Os Tempos Livres: Lazer, cultura, desporto, atividades anti-solidão.
  4. A Orientação Geral: Clarificação e avaliação de potencialidades e de limites. Redefinição eventual de objetivos.
  5. A Formação Geral: Alfabetização funcional, comunicação, gestão do tempo e do espaço, manutenção da rede familiar e de amigos, gestão administrativa e financeira pessoais, segurança, etc.
  6. A Ajuda Geral: Similar ao serviço social clássico, tratando de todas as questões de ordem administrativa, judiciais, etc., da forma mais simplificada possível.

Em conformidade com as necessidades e o plano individual.

Pode ser por exemplo:

Ler e escrever melhor
Compreender o seu correio
Gerir o seu dinheiro
Utilizar um telemóvel e /ou computador
Cozinhar
Ir as compras
Lavar a loiça
Lavar a roupa
Procurar e manter o alojamento
Reciclar o lixo
Cuidar da sua higiene
Cuidar da sua saúde
Mover se a pé e de transporte
Convidar um amigo(a)
Gerir o seu tempo

O princípio de atuação é prioritariamente “utilizar” o que existe na comunidade

Precisar de:
Coaching
Apoio psicológico
Lugar de palavra…
Informar
Procurar
Planificar
Organizar

Atividades especificas

1. Diretamente para as pessoas com deficiência

​2. Sensibilização da comunidade

 

 

Copyright © 2019 Casa João Cidade - Powered by Modular & Cazulodesigners